Impressoras em rede são mais econômicas

Impressoras configuradas em rede são muito mais eficientes na economia de energia do que uma impressora laser pessoal, segundo pesquisa publicada pelo IDGNOW. O levantamento mostra que enquanto os equipamentos pessoais gastam 17 mil quilowatt-hora (kWh por ano), em pequenas e médias empresas, com o uso de impressoras em rede seriam gastos apenas 1 mil kWh anuais.
A falta de informação, porém, ainda faz muitos usuários optarem pela opção individual. Dos administradores de TI, 79% não sabem o custo de manter suas impressoras, de acordo com uma análise feita junto a pequenas a médias empresas no Reino Unido, França e Alemanha. Em torno de 90% destes profissionais não restringem as impressões e 58% sequer sabem quantas impressoras existem em sua empresa.
O que aumenta o consumo de energia nas impressoras pessoais é o mecanismo interno, que se mantém aquecido por meia hora após o uso, o que é uma desvantagem quando o usuário faz poucas impressões. Um grupo de trinta usuários com impressoras pessoais gasta 17 mil kWh de energia por ano, gerando gastos de 85 euros por usuário – assumindo que cada impressora trabalhe três horas por dia.
Uma única impressora em rede pode imprimir o mesmo número de páginas que as 30 impressoras, com gasto individual de 5 euros anuais e com o uso de apenas 1 mil kWh de energia por ano.

Crédito: IDGNow!

Sobre Isa Costa

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.